Image default
Security

StingRay: Documentos revelam como utilizar sistema de vigilância em massa

Utilizando software de vigilância em massa sem um mandado é quase tão fácil quando instalar o Skype, de acordo com o vazamento de imagens e manuais de instruções para dispositivos stingray da Harris Corp. (Veja nesse post maiores informações sobre equipamentos Stingray)

As imagens, obtidas pelo Intercept, mostra o software Gemini da Herris Corp sendo utilizado em um computador pessoal demonstrando como o programa é acessível e sem quaisquer chaves de registro, prova de propriedade ou medidas de segurança que possam garantir que o software foi utilizado apenas para fins autorizados.

Os manuais incluem instruções para várias “boxes” de vigilância Harris, incluindo a Hailstorm, ArrowHead, AmberJack, KingFish e vários outros produtos da família RayFish.

Algumas característica mencionadas nos manuais são a capacidade de se passar por quatro torres de celular ao mesmo tempo, monitorar até quatro redes de operadoras de celular ao mesmo tempo, e a capacidade de monitorar dispositivos alvo de redes inferiores, como a LTE 2G.

Também é detalhado a configuração de um alvo ou “assinante”, bem como configurar a vigilância em massa, de acordo com o Guia Rápido para dispositivos Gemini, disponível no site DocummentCloud.

O guia também explica como os usuários podem dar uma tag única para cada alvo, suspender e retomar o monitoramento. Há também referências a funcionalidades de registro que sugerem que as informações coletadas podem ser armazenadas, uma característica negada por muitos órgãos que utilizam a tecnologia.

Fonte:

http://www.scmagazine.com/leaked-stingray-documents-show-features-and-capabilities/article/522352/

Posts similares

Malware é disseminado como correção para o bug Meltdown e Spectre

O Analista

Ransomware Petya altera o MBR e mostra tela azul da morte

O Analista

Pesquisadores quebram criptografia da nova versão do ransomware Linux.Encoder

O Analista