Compartilhe:

A Apple patenteou uma tecnologia que poderá impedí-lo(a) de tirar fotos ou gravar vídeos com o seu iPhone ou iPad em eventos, como shows ou museus, ou onde seja proibído ou inapropriado.

A patente foi concedida à Apple na terça-feira, dia 28/06, pela Agência de Marcas e Patentes dos EUA (United States Patents and Trademark Office), e é altamento técnico.

Esta patente descreve um iPhone ou iPad recebendo sinais infravermelhos codificados através de pontos emissores em locais públicos, onde temporiamente desabilitariam a funcionalidade de câmera do dispositivo, impedindo assim qualquer foto ou gravação durante o tempo em que o bloqueio estiver ocorrendo.

Emissores de infravermelho podem estar localizados em áreas onde a imagem ou captura de vídeo seja proibida”, diz a patente. “Um dispositivo eletrônico pode então receber sinais infravermelhos, decodificar os dados e ter a função de gravação desativada temporariamente mediante um comando.”

Esta tecnologia patenteada pela Apple também poderia ser utilizada para transmitir informações sobre algo ou um local ao mesmo tempo para vários iPhones que estiverem próximos, como informações sobre turismo para um museu, ou ainda, oferecer cupons de descontos em uma loja ou ponto de venda.

Fonte imagem: The Hacker News

Fonte imagem: The Hacker News

A patente intitulada “Sistema e métodos para recepção de dados infravermelhos com câmera feito para detectar imagens com base em luz visível”, foi arquivada pela primeira vez em setembro de 2014.

É muito comum que as pessoas sejam convidas ou solicitadas a desligarem todos os seus dispositivos eletrônicos enquanto participam de qualquer evento ou show. Mas a maioria do público ignora o pedido e tiram fotografias e gravam vídeos em todo o show.

Muitos músicos e comediantes ficam chateados com essas práticas.

Com a tecnologia, a empresa quer ajudar cantores, atores e artistas a evitar fotos ilegais ou vídeos que vídeos sejam enviados à Internet. Além disso, a tecnologia seria útil para os oficiais da lei barrarem qualquer pessoa de tirar fotos na entrada de uma fronteira.

E se pessoas com más intenções usarem esta tecnologia?

A tecnologia pode ser utilizada pela polícia militar a limitar as filmagens de atos de brutalidade ou de protestos, podendo até mesmo a ajudar um governo a desligar as câmeras em determinados locais.

Além disso, não é muito difícil imaginar um governo como a Coréia do Norte ou China usar a tecnologia para restringir a cobertura da mídia em protestos.

De qualquer forma, você não precisa se preocupar muito sobre em ver a câmera de seu iPhone ser desativada em certos eventos. Digo isso, pois as empresas de tecnologia como Apple e Google adoram enviar arquivos para patente o tempo todo, mas apenas algumas de suas idéias são realmente comercializadas.

Fonte:

http://thehackernews.com/2016/07/apple-iphone-camera.html

Compartilhe: