Image default
Security

Seu smartphone pode ser hackeado quando estiver sendo carregado via USB

Se o nível da bateria de seu smartphone estiver quase no fim, é importante que esteja de posse de um carregador portátil, em vez de utilizar as opções públicas para carregar o seu dispositivo. Digo isso, pois de acordo com especialistas em segurança, dados são transferidos entre o smartphone e o carregador em que está ligado assim que a conexão é estabelecida.

Durante esse processo, o nome de seu dispositivo, o fabricante e modelo, número de série, informações relacionadas ao firmware, sistemas de arquivos, identificação do chip podem ser compartilhadas com o computador. Segundo a Kaspersky, isto já é suficiente para que pessoas mal intencionadas possam atacar o seu smartphone e ter acesso a várias informações.

CarregandoCelular
Imagem meramente ilustrativa.

A Kaspersky explica que, se a bateria de um smartphone precisa ser carregada, e for utilizada uma estação pública de carregamento, a porta USB na qual o smartphone será conectado jamais deve estar ligada a um computador. Isso ocorre porque durante alguns testes, especialistas em segurança foram capazes de instalar um aplicativo a nível root em um smartphone, conseguindo comprometer a segurança do dispositivo.

Além da Kaspersky, o notório grupo Hacking Team também realizou um processo semelhante, e conseguiu com sucesso carregar um malware em um smartphone, uma vez estando conectado a porta USB do computador.

Pesquisador da Kaspersky Lab, Alexey Komarov, nos avisou da seguinte forma:

“Os riscos de segurança aqui são óbvios: se você é um usuário comum, poderá ser rastreado através dos IDs de seu dispositivo; e ele poderá ser “codado” com qualquer coisa, de adware a ransomware. E você não precisa ter muito conhecimento técnico para realizar tais ataques, tudo que precisa pode ser facilmente encontrado na Internet.”

Estes ataques terão pouco sucesso caso você tenha um iPhone, e isso tem a ver com o sistema operacional robusto da empresa. Quando você conecta seu smartphone Apple em um computador ou outro dispositivo pela primeira vez, um alerta aparece perguntando se você confia no computador. O mesmo cenário pode não ocorrer em um smartphone Android.

Para proteger o seu smartphone contra invasores e “hackers”, a Kaspersky decidiu fornecer algumas dicas úteis:

  • Use pontos de carregamentos USB e computadores confiáveis para carregar o seu dispositivo;
  • Proteja o seu smartphone com uma senha ou com um scanner de impressão digital ou iris;
  • Não desbloqueie o dispositivo durante o carregamento;
  • Use tecnologias de criptografia e locais seguros para proteger seus dados;
  • Instale um software antivírus capaz de detectar o malware, mesmo que o atacante esteja explorando uma vulnerabilidade de carregamento do dispositivo.

Da próxima vez que a bateria de seu smartphone estiver quase acabando, pense duas vezes onde vai carregá-la.

Fonte:

Hackers can hack your smartphone while it is being charged via USB and Laptop

Posts similares

LinkedIn: informações de 117 milhões de usuários estão à venda na Dark Net

O Analista

Hacker Ético pega 8 anos de prisão por reportar falhas de segurança

O Analista

Skype adiciona criptografia ponta a ponta nas conversas privadas

O Analista