Image default
Open Source

Tenha um terminal mais retrô com o cool-retro-term

cool-term

Você é uma pessoa nostálgica? Volte um pouco no tempo instalando o cool-retro-term, que como o nome sugere, é ao mesmo tempo legal e retrô.

Lembra-se da época em que haviam monitores CRTs em todos os lugares e a tela do terminal sempre tremulando? Você não precisa ser velho para ter testemunhado isso. Caso assista filmes ambientados nos 80/90, verá bastante os monitores CRTs com um prompt de comando verde e branco. Uma aura geek faz isso ser legal…

Se você está cansado(a) da aparência e precisa de algo “novo” e legal, então o cool-retro-term dará uma aparência de terminal bem vintage para que reviva o passado. Você também poderá mudar a sua cor, tipo de animação e adicionar alguns efeitos.

Instalando o cool-retro-term em distros baseadas no Ubuntu

Para instalar em distros baseadas no Ubuntu, como o Linux Mint, Elementary OS, e outras, utilize o PPA abaixo:

$ sudo add-apt-repository ppa:noobslab/apps
$ sudo apt-get update
$ sudo apt-get install cool-retro-term

Instalando em distros baseadas no Arch Linux

Para instalar o Artegos e Manjaro por exemplo, utilize o seguinte comando:

$ sudo pacman -S cool-retro-term

Instalando o cool-retro-term a partir do código-fonte

Para instalá-lo a partir do código-fonte, primeiramente você precisará instalar as dependências. Algumas das dependências conhecidas para distros baseadas no Ubuntu são as seguintes:

$ sudo apt-get install git build-essential qmlscene qt5-qmake qt5-default qtdeclarative5-dev qtdeclarative5-controls-plugin qtdeclarative5-qtquick2-plugin libqt5qml-graphicaleffects qtdeclarative5-dialogs-plugin qtdeclarative5-localstorage-plugin qtdeclarative5-window-plugin

Dependências conhecidas para outras distros podem ser encontradas no gitbub do cool-retro-term.

Após resolvido a questão das dependências, utilize os comandos abaixo para compilar o programa:

$ git clone https://github.com/Swordfish90/cool-retro-term.git
cd cool-retro-term
qmake && make

Quando o programa estiver compilado, execute o cool-retro-term com o comando:

$ ./cool-retro-term

Para não ter sempre que digitar o comando cool-retro-term para entrar no programa, você poderá criar um atalho na área de trabalho. Este atalho deverá apontar para o executável do programa, que geralmente está localizado em /usr/bin/cool-retro-term.

Para ter certeza do local, digite no terminal o comando:

$ where is -b cool-retro-term
cool-retro-term: /usr/bin/cool-retro-term

Vimos que o atalho aponta para /usr/bin/cool-retro-term.

Na tela abaixo criei um atalho na área de trabalhando apontando para o executável do cool-retro-term:

Captura de tela de 2015-11-01 00-59-18

Espero que tenha gostado desta dica.

Fonte: itsfoss

Posts similares

Conheça o Devuan Jessie 1.0 Beta, um fork do Debian

O Analista

Conheça o novo Scientific Linux 7.2

O Analista

Fedora 23 terá serviço de DNS local para resolução de nomes

O Analista