Image default
Open Source Recentes

Alpine Linux, uma distro perfeita para os fãs do Terminal

O Alphine Linux é uma distribuição leve com foco em segurança que utiliza o musl libc e Busybox, que compõem o terminal. Uma nova versão desta distribuição “saiu do forno” e está pronta para download.

Mas se você espera ver uma distribuição Linux clássica com uma área de trabalho bonitinha, ficará desapontado. Este sistema operacional Linux foi construído para os usuários veteranos que não se importam em gastar todo o seu tempo no terminal. Na verdade, a maioria das coisas que você precisa em um sistema operacional Linux podem ser feitas à partir de um terminal e o desenvolvedores do Aphine sabem disso muito bem.

“O projeto Alpine Linux tem o prazer de anunciar o lançamento da versão 3.2.1 de seu sistema operacional Alpine Linux. Esta é uma versão de correções ligadas a v3.2 da biblioteca musl, sendo baseada no kernel 3.18.17, este que possui algumas correções de falhas críticas de segurança”. Leia a notas de lançamento para maiores informações.

De acordo com o log de mudanças, a versão do kernel foi atualizada a para 3.18.17, um servidor espelho da Leaseweb foi adicionado, o SPIP USC foi atualizado para a versão 4.0.9, o owncloud está agora na versão 8.0.5 e várias outras correções foram implementadas.

O log de mudanças completo pode ser visto no site oficial. A área de downloads do Alpine Linux 3.2.1 pode ser acessada clicando neste link. Escolha a que se adapta a você e seja feliz meu amigo ou amiga!
O desenvolvedor disponibiliza ainda uma extensa documentação no site, caso sinta que a distro está complicada de se usar.

O Kernel

O kernel no Alpine Linux é conhecido pelo nome de linux-grsec. De acordo com o desenvolvedores do Alpine Linux, é o próprio kernel, mas com implementações de segurança. O Grsecurity é um amplo reforço de segurança para o kernel do Linux, fornecendo proteção contra uma ampla variedade de ameaças de segurança por meio do controle de acesso inteligente, baseado na prevenção de exploits que possuem função de corromper os dados em memória, e uma série de outras proteções do tipo hardening que geralmente não requerem nenhuma configuração. O suporte comercial para o grsecurity está disponível através da Open Source Security, Inc.

Maiores detalhes: http://pkgs.alpinelinux.org/package/main/x86/linux-grsec

Site do projeto: http://grsecurity.net/

MUSL

Oferece suporte necessário para a implementação do Linux em sistemas embarcados.

Maiores detalhes: http://pkgs.alpinelinux.org/package/main/x86/musl

Site do projeto: http://www.musl-libc.org/

BusyBox

O BusyBox combina versões de muitos utilitários UNIX comuns dentro de um pequeno “executável”. Oferece subtitutos para a maioria dos utilitários normalmente encontrados no fileutils do GNU, bem como também o shellutils e Textutils.

Maiores detalhes: http://pkgs.alpinelinux.org/package/main/x86/busybox

Site do projeto: http://busybox.net/

Xserver – xorg-server

O Xorg é uma implementação pública do X11 X Windows System. Se você quer uma interface gráfica em seu Linux, irá precisar do Xorg

Maiores informações: http://wiki.alpinelinux.org/wiki/Awesome%28wm%29_Setup#Configure_xorg-server

Fonte: Softpedia

Posts similares

NASA libera o VICAR, conjunto de ferramentas na forma de open source

O Analista

Conheça o poder da linha de comando

O Analista

Made open likeness

O Analista
O Analista_