Compartilhe:

No início do mês de agosto, a Microsoft anunciou que o PowerShell teria o seu código-fonte aberto e estaria disponível para uso no Linux. Como resultado disso, o PowerShell está agora disponível para o Ubuntu 14.04 e 16.04, CentOS/RHEL 7 e MacOS 10.11.

Provavelmente seu primeiro pensamento seja algo do tipo “quem usaria essa abominação?”. Fique tranquilo(a), você não está sozinho(a). Creio que o “PowerShell for Linux” tenha como foco administradores de sistemas Windows que precisam administrar sistemas Linux, pois já estão bastante familiarizados com o PowerShell, mas que também quem sabe estejam dispostos a mudar.

1 – Instalando o PowerShell no Linux

Nota: Tenha em mente que, no momento da escrita deste post, o PowerShell no Linux está em fase alfa, e deve, portanto, ser usado apenas para testes e não em um ambiente de produção.

Os pacotes para todos os sistemas operacionais suportados poderão ser encontrados na página do PowerShell no GitHub.

Na seção Downloads, você poderá conferir os pacotes que estão disponíveis para download e instalação.

1.1 – Instalando no CentOS 7

Um modo simples de fazer o download dos últimos pacotes RPM utilizando o comando wget, e em seguida o comando yum para instalar:

Em meu caso, fiz o download da versão v6.0.0-alpha.9, que é a última disponível durante a escrita deste post. Você pode conferir neste link a última versão disponível e copiar o comando correto.

1.2 – Instalando no Ubuntu 14.04

Existem algumas dependências que precisam ser instaladas no Ubuntu antes do PowerShell. Digite o seguinte comando:

Quando completado, faça o download do último arquivo .deb disponível para o Ubuntu 14.04 e instale-o em seguida com o comando dpkg:

1.3 – Instalando no Ubuntu 16.04

O processo para instalar no Ubuntu 16.04 é um pouco diferente, bem como a utilização do pacote libicu55 ao invés do libicu52.

Após a instalação das dependências, será feito o download do último arquivo .deb e a instalação em seguida com o comando dpkg:

2 – Usando o PowerShell no Linux

Após a instalação do pacote do PowerShell, você poderá iniciá-lo simplesmente digitando powershell no terminal, conforme tela abaixo:

Executando o PowerShell.

Executando o PowerShell.

À partir desse ponto você poderá executar seus comandos em PowerShell. Digite help para obter informações adicionais. Um guia completo também estará disponível para te ajudar a encontrar outros comandos.

O interessante é que você pode combinar o uso de comandos bash com os do PowerShell, conforme pode ser demonstrado a seguir com o uso do comando grep:

PowerShell_02

Localizando processos do Apache em execução.

Para sair do PowerShell, simplesmente digite exit.

Saindo do PowerShell.

Saindo do PowerShell.

Agora é so usar a imaginação.

O que achou do post? Escreva nos comentários. Prometo que responderei o mais breve possível.

Até a próxima!

Fonte:

https://www.rootusers.com/how-to-install-powershell-on-linux/

Compartilhe: